Sobre o meu medo de avião!

Medo de voar de avião.

Socos no estômago, suor frio, tonturas.. Ansiedade pré-voo. O problema é mais comum do que se imagina. Por mais que as pesquisas confirmem que as viagens aéreas são mais seguras do que viajar de ônibus ou carro, para milhares de pessoas como eu, embarcar em um avião é uma situação desconfortável e causa pavor só de pensar.

Leio muito, sei o suficiente pra identificar pequenos problemas e desesperos. E acredite, tudo acontece comigo, incrível. Já passei por inúmeros episódios que só Deus sabe como eu superei. Em um dos meus últimos voos, vindo de Salvador foi o ápice: me desesperei tanto durante a decolagem que comecei a chorar compulsivamente. Ali me dei conta de que preciso procurar por ajuda.

O sofrimento já começa antes de entrar no avião. Um dia antes já sonho, me desespero e etc.

As minhas técnicas variam da “benzição”; entro com o pé direito, toco o avião e faço o nome do Pai, “audição”; preciso estar ouvindo algo que não os avisos sonoros. Pode ser qualquer coisa que não me deixe ouvir o ronco da turbina. Nessa hora apelo pro iPod: deixo ligado e coloco um metal pra tocar (Sim, desrespeito as leis, por necessidade!) e, por fim, pela posição de “indiozinho”; de alguma forma cruzo as pernas para não sentir o avião “trepidar”. O mais engraçado é que isso SÓ acontece durante a decolagem. Durante o pouso só começo a suar frio, mas me seguro (até o avião precisar arremeter!). Sempre quando faço voos longos raramente sinto toda pressão, talvez pelo tamanho da aeronave, já que meu problema é agravado quando voo em aviões menores Embraer, socorro!.

Semana passada fomos para o Rio. Cheguei no aeroporto e minha mãe, tia e sobrinha já nos esperavam. A surpresa: havia esquecido minha identidade. ESQUECIDO. Gente, voo desde sempre e depois de 28 anos, eu ali, desesperada no checkin, sem documento. Me senti uma anta. Corri na Polícia Civil e fiz um BO, o primeiro da minha vida, para poder embarcar. Já entrei no avião 500 vezes mais nervosa do que o normal, o que claro, fez com que o pouso no Santos Dumont em um Airbus fosse ainda mais emocionate, já que a pista tem uns 3Km ou menos e o pouso ali é totalmente manual.

Se vai passar não faço ideia. Mas parar de voar eu não posso, nem consigo!

13141807

DCIM108GOPRO

ta

Pouso SDU A319 Tam

Pouso SDU A319 Tam

Anúncios

Reclamar via Twitter funciona? Minha saga para creditar milhas com a Gol Linhas Áereas/ RESOLVIDO

Sim meu prezado, adianta sim. Quem me conhece sabe que enquanto eu não resolvo um problema eu não sossego. E não aguento desaforo, sempre discuto argumentada nos meus direitos de consumidora. Não resolveu minha situação mando  pro Reclame Aqui, levo no Procon ou dou queixa na Anac. No meu calo que não pisam mais.

Depois de 3 semanas tentando, enviando e-mails e ligando pra central de atendimento, me estressei com a Gol. Quero creditar minhas milhas dos voos feitos pela KLM, que, como parceira Sky Team, me dá o direito de pontuar no programa de milhagens da cia brasileira, mas está praticamente impossível. Não quis pontuar pelo Flying Blue (programa de milhas da KLM-Air France) pra resolver primeiro a questão com a Gol e daí ver se dá pra salvar os pontos com a cia holandesa. Minha saga começou pelo site do Smiles, onde preenchi um formulário com os meus dados e enviei com o título pedido pela cia: “Informação”. Nessa primeira etapa enviei a cópia do meu boarding pass. Em resposta recebo este primeiro email:

Está bem claro que quem assina é a senhora Regiane Orlando, afirmando que a cópia dos documentos foi recebida. Mas para ser concluído, ela pede o envie da cópia dos bilhetes. Sendo que já tinha sido enviado. Mas até aí tudo bem, reenviei. Vamos ao segundo email:

Nesse email, a dona Regiane continua assinando e parece que não leu a minha resposta, em que eu eu dizia “ANEXO” em letras garrafais. Vamos ao terceiro email:

Já na terceira resposta quem passou a assinar foi o senhor Josias, confirmando que recebeu o meu boarding pass, mas que precisava do meu e-ticket. Detalhe: o boarding pass contém o número do e-ticket. Em resposta enviei o número do e-ticket, devidamente printado da página de reservas da KLM. Mas, os amiguinhos da Gol mandaram este email:

Daí passaram a bola para o amigo Vinicius, que deixa claro que eu preciso enviar o cartão de embarque (boarding pass) e o e-ticket para finalizar a análise. Amigo, eu enviei TUDO. No último email até agora, o amigo Tiago me respondeu:

Aí já foi tenso. Só faltou falar que eu não “estou munida” dos documentos. Meu Deus, como tem gente burra e ruim de serviço. Antes da minha resposta educada fui tentar a sorte no twitter. Mandei algumas perguntinhas para a @golcomunicacao, bem educadas, questionando o serviço que eles estão prestando. Depois de alguns minutos de desabafo e raiva, eles me enviaram uma DM e me pediram para enviar um email explicando o meu problema. Enviei um email com todos os documentos enviados e agora aguardo.

Querendo ou não são mais de 10 mil milhas, dependendo da época são 2trechos de ida-volta no Brasil ou 1 na América do Sul. E é direito meu obter essas milhas. Ah,  a Tam também não creditou os meus 500 míseros pontinhos GRU-CNF e estou aguardando os pontos da SAS, cia parceira na Star Alliance… Entrei em contato via Twitter e também estou aguardando uma posição.

Em suma, as coisas só andaram porque eu reclamei no Twitter. Nenhum serviço de atendimento ao cliente – email, call center, atendimento online – funcionou. total fail! Não sou uma pessoa famosa, mas sei fazer barulho. Se eu tiver que deixar de voar pela Gol eu o faço sem problemas. Mas respeito ao consumidor é o mínimo que eu exijo.

Vou deixar o post em standby e espero voltar com boas notícias.

UPDATE:

Fiz uma fuzarca no twitter, e graças à um retuite do @Lediocarmona muita gente também retuitou e me ajudou!

Me ligaram da Central Smiles hoje (17-08) às 16h10. O rapaz pediu mil desculpas. Primeiro alegou que não eles não receberam os documentos. Passei os 4 protocolos. Enviei novamente os documentos até que ele recebeu e disse que iria voltar a me ligar. Me ligou novamente e falou que precisava do boarding pass do segundo trecho da ida, mas que os outros estão ok. Enviei, mas acho que não vou pontuar esse trecho porque o pessoal em Amsterdam pegou o boarding pass e me deixou somente com o ticket inicial e o da bagagem. Enfim, concluiu dizendo que até amanhã minhas milhas estarão no meu smiles e encerrou pedindo MIL DESCULPAS. Acho digno. Ninguém me faz de boba, não!