[Passeios em Oslo/ Tours in Oslo] Oscarsborg Fortress

ENGLISH BELOW

Oscarsborg Festning é um forte costeiro no Oslofjord, perto de Drøbak. Assim que chegamos de Barcelona Tomas disse que seria legal irmos lá, já que o tempo estava ótimo e a temperatura super alta, o que deixaria o passeio bem legal. Convidei a Geneva e o Remi, um casal super bacana. Comecei a falar com a Neva pelo Instagram (modernidade!) e os convidei para irem com a gente. Achei o máximo quando eles aceitaram, foi um passeio muito bom!

A fortaleza situa-se em duas pequenas ilhas. O fiorde era território militar até 2003, quando abriram as ilhas ao público e transformaram em museu. A fortaleza é mais conhecida pelo afundamento do navio German heavy Blücher em 9 de Abril de 1940.

A fortaleza é acessível somente por barco. Um serviço de balsa funciona todos os dias durante todo o ano de Drøbak para Oscarsborg. A travessia de Drøbak leva cerca de 10 minutos e você pode pegar um ônibus para Oslo a cada 30 minutos. Você pode verificar as partidas aqui. De Oslo há um barco, número 602, deixando todos os dias às 10h da Aker Brygge, chegando a 11h15 em Oscarsborg.

Esta fortaleza é uma das 14 fortalezas gerenciadas pela Força Nacional. As fortificações nacionais não mais um lugar importante da defesa, mas sim um espaço turístico e de visitação pública. Com a redução do uso da força  militar (para fins de guerra), tornou possível para abrir as fortalezas para visitação. O Parlamento Norueguês decidiu, em 2002, liberar os fortes para uso civil. O mandato foi abrir as fortalezas para o público e criar fortes “vivos”, com público. Oscarsborg é uma das fortificações históricas mais importantes da Noruega. As ilhas kaholmen foram usadaspara fins militares desde 1640 por causa de sua posição estratégica no Drobaksound, onde o Oslofjord está localizado. Mais sobre a história pode ser vista no Museu da Ilha, com entrada gratuita.

Hoje não há nenhuma atividade militar no Oscar fortaleza, mas um comandante que, em colaboração com atores Oscarsborg quer criar nova vida em solo histórico.

Mais informações aqui.

 

ENGLISH VERSION

Oscarsborg Festning is a coastaline fortress in the Oslofjord, close to Drøbak. As soon as we arrived from Barcelona, Tomas said that would be nice going there, since the weather was great and we had super nice temperature. I invited Geneva and Remi, a  super nice couple. I started talking to the Neva by Instagram (modern!) and invited them to come with us. Was really good when they accepted!It was a great day!

The fortress is situated on two small islets. The fjord was military territory until 2003 when it was made a publicly available resort island. The fortress is best known for sinking the Germanheavy cruiser Blücher on 9 April 1940.

The fortress is only accessible by boat. A ferry service runs every day all year from Drøbak to Oscarsborg Fortress. The crossing from Drøbak takes about 10 minutes and  you can take a bus to Oslo circa 30 minutes. You can check for departures here. From Oslo there are a boat, number 602, leaving every day at 10am from Aker Brygge, arriving at 11h15 in Oscarsborg.

This fortress is one of 14 forts managed by the National Fortification. The national fortifications no longer as important a place in our modern defense. Reduced military use has made it possible to open the fortresses of joy for most people. Parliament decided in 2002 to release the national fortifications to civilian use. The mandate was to open the fortresses to the public and create living fortifications. Oscarsborg is one of the most important historical fortifications in Norway. The kaholmen islands has been used for military purposes sinc 1640 because of their strategic position in the drobaksound, where the Oslofjord is at narrowest. More can be learned at the Museum on the Island, with free entrance.

Today there is no military activity on Oscar fortress, but a commander who, in collaboration with actors in Oscarsborg wants to create new life on historic ground.

More information here

Com Tomas e Remi e Neva; casal querido que conhecemos.

With Tomas and Remi and Neva; great couple that we have met.

140604127023564000_resized

140604002461747800_resized

A praia! Mata a pau muitas que eu conheço!

The beach: super nice, and great temperature!

140604145709887500_resized

Conte sua história com seus tweets, checkins no foursquare e fotos, no Memolane

Várias pessoas desenvolveram aplicativos que mostram seu checkins em um mapa, mas o que eu queria mesmo era uma boa maneira de mostrá-los em um cronograma. Achei o Memolane, uma rede social que faz isso e muito mais, como permite contar uma história, não só com o seu checkins do Foursquare, mas com os seus tweets, mensagens no Facebook, fotos do Flickr e Picasa e outras redes sociais. O resultado é um cronograma muito bem projetado, fácil de navegar e visualmente interessante.

O Memolane atualmente serve pára unir toda as suas informações compartilhadas nas suas redes sociais e criar um cronograma. Você pode navegar pela sua história recente ou percorrer todo o caminho de volta , desde o seu início nas redes sociais. Os serviços são fáceis de adicionar ou remover as configurações, suporando atualmente:  Facebook, Twitter, Flickr, Picasa, Last.fm, Foursquare, TripIt, Youtube e feeds RSS.

O que me chamou a atenção foi a questão privacidade: ou você se fecha totalmente ou abre para o mundo a sua vida online. Nada de meio-termo.

Talvez a característica mais útil Memolane, no entanto, é a função “Stories”. Ele permite que você selecione apenas as atualizações que você deseja incluir que contam uma história específica. Como se você criasse um cronograma de uma recente viagem ou até mesmo, um dia de trabalho, da sua casa até o escritório, com suas passagens pelo shopping ou encontro com os amigos em um bar.

O acesso ao Memolane é feito a partir de um convite particular.

Este vídeo explica o conceito por trás da rede social:

http://vimeo.com/16474788