Mais uma vez, Copenhagen

Não tenho palavras para descrever Copenhagen. Pra mim é sem dúvidas a cpaital mais linda da Escandinávia. Não me canso desse lugar. E no outono, as cores simplesmente mudam toda a perspectiva, principalmente se você só conheceu a cidade durante o verão.

Se você me conhece sabe que eu tenho uma compulsão por comprar passagens aéreas, principalmente durante sábados à noite, quando meu nível alcoólico é alto. Compro e não penso. Comprei há mais de um mês e perguntei pro Evaristo, amigo brasileiro que conheci por aqui, se eu poderia ficar com ele. Evaristo é um desses caras que nunca tem tempo ruim. Eu nunca o vi de mal humor. E daquelas amizades em que não existe pressão, podemos ficar de nos falar por tempos, que vai ser sempre a mesma coisa. Porque nós somos bem similares. Eu aprendi a ser calma e levar tudo na boa e ele é calmo. Passar tempo com ele é certeza de boas risadas, cervejas e comida. E era tudo o que eu precisava.

img_4155

Por tempos eu queria voltar e ir novamente à Mikkeller, conhecida pelo mundo. Sempre dava algum problema. Já conhecia a cerveja e um dos bares, mas gente, queria beber mais do que uma cerveja. Dessa vez nos assentamos e  passamos um tempo conversando e degustando as maravilhas do gêmeo bom. GENTE, vale cada centavo. Finalizamos com um jantar bom-bonito-barato num italiano perto, que me deixa com água na boca só de pensar.

img_4189

Não sou local em Copenhagen, mas já fui tantas vezes que meu foco é basicamente comer e beber. E a cidade conta com o melhor complexo de comida de rua escandinavo: Papirøen. Escrevi sobre isso aqui. Nem preciso falar, a foto ilustra bem o meu sentimento de felicidade. Comida boa devia ser lei. O melhor frango frito que comi na vida, melhor do que nos Estados Unidos, do que aqui em OSlo. 100DKK por um box cheio de batatas e frango no Chick Ko. O cachorro-quente,  gigante, seria melhor se estivesse quente. Sou chata mesmo. Bacon frio?  Nah.

Post curto, mas fica a dica: Mikkeller e Papirøen!

img_4211

img_4206

Anúncios