[#GoNordic] O que fazer em Fredrikstad? / Tips for Fredrikstad!

ENGLISH BELLOW

NORSK 

Minha missão em Fredrikstad era criar uma “bucket list” de atividades que você pode fazer se você está localizado em Fredrikstad. Aqui estão as minhas dicas:

        1. Junte-se à Marcha pela Paz
Fiquei feliz quando um local me contou sobre a Marcha pela Paz e fui para checar.
Toda as quartas-feiras, desde de 2001,  Jan-Kåre Fjeld, seus amigos e quem mais quiser, saem para uma Marcha pela Paz, no centro de Fredrikstad. Começa às 18h em frente à Câmara Municipal e tem a duração de uma hora. Às vezes, há muitos participantes; outras vezes são apenas quatro ou cinco. Mas a ideia é sempre a mesma: mostrar que existem pessoas que se importam e estão fazendo algo pela paz!

Peace March - Fredsmarsjen

       

           2. Visite a Gamlebyen
A Cidade Velha é um bairro “vivo” de Fredrikstad, com 350 habitantes. Antigamente era palco da fortaleza e morada dos militares. Hoje você pode relaxar enquanto bebe um café no Market Place, desfrutar de uma garrafa de vinho em um dos restaurantes, visitar museus, galerias ou uma das lojas exclusivas que se encontram por trás das muralhas.

Fredrikstad Gamlebyen

          

         3. Pare no Café Magenta

Um interior à moda antiga com deliciosos waffles caseiros e café em Gamlebyen (cidade velha).

          4. Caminhe em torno da Fortaleza

Fredrikstad  – Gamlebyen – é a maior cidade “Fortaleza” da Noruega, tomabada pelo Patrimônio Cultural. São 58 edifícios militares na Gamlebyen. A fortaleza foi construída de acordo com modelos de arquitetura holandeses, com altas muralhas de terra. No lado oriental, de costas para o rio, há três baluartes e dois counterscarps, posições ideais para os canhões.

Gamlebyen Fredrikstad

         

      5. Conheça o Centro

Bom para uma caminhada, compras e para uma parada em um dos muitos cafés e restaurantes. O centro da cidade está cheio de cores e arquitetura agradável, misturando a história antiga com a nova. Prazer em conhecê-moradores, aprender sobre sua vida aqui e … tire um selfie!

Selfie Fredrikstad

       

 6. Assista a um pôr do sol no porto

Se você gosta do-sol com vista, Fredrikstad é o lugar certo. O porto próximo a Cidade Velha é um ótimo local para ver o pôr do sol à noite. Nice para sentar, tomar um drinque e relaxar após um dia de caminhada longa.

fredrikstad

         7. Museu Fredrikstad

O Museu Fredrikstad foi fundado em 1903 e compreende hoje ambas as coleções de arte e culturais. Ótimo lugar para aprender um pouco sobre a história da cidade. Desde 2002 o museu é lcoalizado no Tøihuset na Cidade Velha; a exposição cívico histórico também está alojado aqui. Os ingressos custam 50kr.

 

Meu obrigada à equipe do Visit Fredrisktad 

Mais fotos da minha viagem à Fredrikstad aqui.

ENGLISH

My mission in Fredrikstad was to create a “bucket list” of activities you can do if you’re located in Fredrikstad. Here are my top tips:

 

  1. Join the Peace March

I became happy when a local told me about the Peace March and I went to check out.

Every Wednesday since 2001, the local Jan-Kåre Fjeld, his friends and who wants to join, go for a Peace March in downtown Fredrikstad. It starts at 18h in front of City Hall and lasts for one hour. Sometimes there are many participants; other times are just four or five. But the idea is always the same: show that there are people who cares and are doing something for peace!

 

  1. Go to the Gamlebyen

The Old Town is a living quarter of Fredrikstad with 350 inhabitants. Today you can relax  while drinking a coffee in the Market Place, enjoy a bottle of wine at one of the Old Town restaurants, visit museums, galleries or one of the unique shops that are to be found behind the ramparts.

 

  1. Stop by Café Magenta

An old fashioned interior with delicious homemade waffles and coffee at GamleByen.

 

  1. Walk around the Fortress

The best fortress town in Scandinavia, issued by the Directorate for Cultural Heritage protecting 58 of the military buildings of the Old Town. After stop by the Fredrikstad Museum, take a walk thought the Fortress. Fredrikstad Fortress was builded according to Dutch architectural models, with wide water-filled moats and high earth ramparts. On its eastern side, facing away from the river, there are three bastions and two counterscarps, ideal positions for cannons.

 

  1. Check the Downtown area

Good for a walk, shopping and for a stop in one of the many cafés and restaurants. The downtown area is full of colours and nice architecture, mixing the old history with the new. Nice to meet locals, learn about their life here and… take a selfie!

 

  1. Watch a sunset at the harbour

If you like sunsets with a view, Fredrikstad is the right place. The harbour nearby the Old Town is a great spot to watch the sunset on evening. Nice to sit, grab a drink and relax after a long walk day.

 

  1. Fredrikstad Museum

Fredrikstad Museum was founded in 1903 and comprises today both cultural and art collections Great place to learn a bit about the history of the city. Since 2002 the museum’s offices have been located in Tøihuset in the Old Town; the historical civic exhibition is also housed here. Tickets costs 50kr and its worth!

 

Many thanks to Visit Fredrikstad Bureau!

More pictures of my trip to Fredrikstad here

Anúncios

[#GoNordic] Jazz and Blues in Oslo / Jazz e Blues em Oslo

ENGLISH BELLOW

NORSK 

 Jazz x Blues: a minha visão sobre o cenário musical em Oslo

Oslo respiramúsica. Você pode se sentir em um rápido passeio pela Aker Brygge e pelo Teatro Nacional que a música fala muito sobre a cidade.

O Oslo Jazz Festival fez o povo norueguês sair de casa aos montes, mesmo com o dia nublado, chovendo, algo que para mim é incrível, já que no Brasil, quando chove um pouco, ninguém sai da toca. As tendas de música estavas lotadas, mesmo as pagas.

Também durante o verão, os entusiastas de música podem experimentar um cruzeiro de Blues no fiorde de Oslo. Os cruzeiros começam em 19 de Junho e vão até o final de agosto.

Eu experimentei o cruzeiro, algo que eu acho que nunca iria fazer se foss epor vontade própria, porque eu tinha uma ideia totalmente diferente sobre o que realmente é. Por 3 horas o barco navega pelas águas gélidas do fiorde de Oslo, e você pode beber um bom vinho e comer o lanche típico norueguês verão: Camarão, pão e maionese. Só isso? Não! Um delicioso som me surpreendeu, e quando eu me encontrei, eu estava curtindo a doce voz da cantora e a balada do Blues. Assisti ao pôr do sol do veleiro de madeira tradicional e desfrutei, como os noruegueses dizem: god mat og god musikk (boa comida e boa música!)

Muitos ritmos, pessoas e  crianças observando e dançando sem vergonha na frente dos músicos. Neste fim de semana Oslo se tornou a capital do Jazz e Blues, mas o que muita gente não sabe é que, durante todo o ano, você pode sentir o amor pela música na cidade.

 

Jazz vs. Blues – my thoughts on Oslo’s music scenery

Oslo breaths music. You can feel in a quick walk around Aker Brygge and National Theater that the music talk a lot about the city.

The Oslo Jazz Festival made the Norwegian people went out from heir houses, even with the cloudy raining day, something that for me is awesome, since in Brazil, when rains a bit, nobody go out form home. The music points was crowded, even the paid ones.

Also during summer, the music enthusiasts can experience a Blues cruises on the Oslo Fjord. The cruises start at June 19 and will continue until the end of August.

I experienced the cruise, something that I do not think I would come for before, because I had a different idea about what it is really. 3 hours sailing through Oslo fjord, drinking a good wine and eating the typical Norwegian summer snack: shrimps, bread and mayonnaise. Just that? No! A delicious sound from a guitar surprised me, and when I found myself, I was enjoying the sweet voice of the singer and the ballad of the Blues. Watch the sunset from a traditional wooden sailing ship and enjoy, like the Norwegians says: god mat og god musikk (good food and good music)!

Lot of rhythms, people and bunch of little kids observing and dancing ashamed in front of the musicians. This weekend Oslo became the capital of Jazz and Blues, but what many people does not know is that during all the year you can feel the love of this music in the city.

 

 
140838100180669500_thumb

140838108636749900_thumb

140826668623664800_thumb

 

 

[#GoNordic] Aprendendo dinamarquês com os locais! / Learning Danish expressions from… Danish people!

ENGLISH BELLOW

NORSK 

Assim que cheguei em Copenhagen, eu tenho o meu novo desafio: aprender expressões dinamarqueses com, óbvio, os locais.

Enquanto eu estava esperando pela minha bagagem, eu comecei a conversar ao redor. Nenhum dinamarquês perto de mim: eu podia ouvir Italiano, Espanhol, Português… No meu caminho de uma reunião, peguei um táxi (eu estava atrasada, e acredite, eu preferiria pegar o metrô). Passei alguns minutos verificando meus e-mails e quando eu comecei uma conversa com o motorista, eu pensei: “essa é a minha vez, eu vou pedir para o motorista”, a surpresa: ele ligou o rádio e começou a cantar É O TCHAN. Eu queria chorar, mas acabei perguntado se ele gostava de música brasileira. Ele me respondeu com um grande sorriso: “Eu amo isso!” Acabei esquecendo de perguntar sobre as expressões em danês e ele começou a me contar sobre sua vida.

No hotel, eu já estava desesperada e perguntei a recepcionista se ela poderia me ajudar. Levou um tempo, mas consegui a minha primeira palavra: Hyggeligt. O que pode ser traduzido para aconchegante. Eu ouvi isso de outro casal de moradores! Então, eu sinto que ele é a palavra dinamarquês mais famosa, compreensível apenas em danês!

Eu tive um grande momento com dois rapazes dinamarqueses: Patrik e Lumbri. Tomamos algumas cervejas dinamarquesas e pude aprender mais sobre a cultura local e alguns jogos de bebida, popular quando você sai com os amigos para o boteco. Os noruegueses bebem muito, mas os dinamarqueses não deixam por menos!

Ao voltar ao hotel, comecei a falar novamente com o povo na recepção. Bingo! Rød Grød med Flod : mingau vermelho com creme. Provavelmente você está tentando dizer isso agora. Se você não estiver na Escandinávia e ter uma noção mínima da língua vai ser impossível ler.

No entanto, como eu sou uma pessoa querida, gentil e linda e quando eu aceito um desafio eu faço valer a pena, eu fiz uma lista de expressões que ouvi e pedi às pessoas para escrever para mim durante a minha estadia em Copenhagen. O vídeo virá em breve 😀

  • Tomme tønder buldrer mest – Empty barrels can get most.
  • Brændt barn skyr ilden.
  • Æblet falder ikke langt fra stamen -The apple does not fall far from the tree.
  • Delt glæde er dobbelt glæde. Delt sorg er halv sorg – Shared joy is double joy. Shared grief is half the sorrow
  • Hvo intet vover, intet vinder – Flying High, the harder the fall
  • Højt at flyve, dybt at falde – No rule without exception
  • Ingen regel uden undtagelse – No rule without exception
  • Der går ikke røg af en brand, uden der er ild i den
  • velse gør mester – Practice makes perfect

Eu gostaria de ter meu notebook para lembrar todos os nomes das pessoas que me ajudaram e que não consegui tirar uma foto. Também aos meus amigos brasileiros que vivem em Odense, Eva e Leo que vieram só para me ver e curtir a noite Copenhagen! Leo é um cara profissional de IT e caroneiro e agora vai começar uma nova aventura para os Balcãs. Sua vida é sobre desfrutar e viagens. E ele sabe bem ocmo fazer!
Pela primeira vez conversei com muitos moradores em Copenhagen: as pessoas são amigáveis ​​e sempre abertos para ajudá-lo. E olha que foi minha quarta vez na cidade… Foi sensacional! Este desafio me fez aproximar mais pessoas e realmente entrar em suas vidas!

 

Learning Danish expressions from… Danish people!

Now im practicing how to say it!

As soon as I arrived in Copenhagen, I got my new challenge: learn Danish expressions from, of course, locals.

While I was waiting for my luggage, I started to ask around. No Danish people around me: I could hear Italian, Spanish, even Portuguese. On my way to a meeting, I took a taxi (I was late, and believe me, I would prefer to take the metro). I spent a couple of minutes checking my emails and when I started a conversation with the driver, I thought: “that’s my time, I’m going to ask the driver”, the surprise: he turned the radio and started to sing a fashion-old-Brazilian-bad-music. I wanted to cry, but is asked him if liked Brazilian music. He answered me with a big smile: “I love it!” I forgot to ask about the Danish quotes and he started to tell me about his life.

At the hotel, I was desperate and I asked the receptionist if he could help me. Took him a while, but I got my first word: Hyggeligt. What can be translated in English to cosy. I heard this from another couple of locals! So, I feel like it is the most famous Danish word, understandable only in dansk!

I had a great time with two Danish guys: Patrik and Lumbri. We had a couple of Danish beers and I could learn more about the local culture and some drink games, popular when you go out for with friends and want to have a good time. Norwegians drinks a lot, but Danish people are also good drinkers.

Back to hotel, I started to talk again to the people at reception. Bingo! Rød grød med flød: Red porridge with cream. Probably you are trying to say it right now. If you aren’t form Scandinavia is quite hard job!

However, how I am a nice person and when I accept a challenge I really DO, I made a list of expressions that I heard and asked people to write for me during my stay in Copenhagen:

  • Tomme tønder buldrer mest – Empty barrels can get most.
  • Brændt barn skyr ilden.
  • Æblet falder ikke langt fra stamen -The apple does not fall far from the tree.
  • Delt glæde er dobbelt glæde. Delt sorg er halv sorg – Shared joy is double joy. Shared grief is half the sorrow
  • Hvo intet vover, intet vinder – Flying High, the harder the fall
  • Højt at flyve, dybt at falde – No rule without exception
  • Ingen regel uden undtagelse – No rule without exception
  • Der går ikke røg af en brand, uden der er ild i den
  • velse gør mester – Practice makes perfect

I wish I had my notebook to thanks all the people who helped me and did not wanted to take a picture. Also to my Brazilian friends who are living in Odense, Eva and Leo who came just to see me and enjoy the Copenhagen night! Leo is a professional IT guy and hitchhiker around Latin America and now will start a new adventure on the Balkans. His life is about enjoy and travel.

I talked to many locals in Copenhagen: people are friendly and always open to help you. Was such a great time! This challenge made me approach more people here and really get into their lifes!

 

DCIM103GOPRO DCIM103GOPRO DCIM103GOPRO

 

 

[#GoNordic] Learning to fly / Aprendendo a voar

ENGLISH BELOW

No Aeroporto de Torp, eu comecei a me libertar de um dos meus maiores medos: voar

Estou com problemas para voar por um par de anos. Socos no estômago, suor frio, tontura e ansiedade pré-vôo. O problema é mais comum do que você pensa!

Eu sempre li muito sobre aviões e sei o suficiente para identificar pequenos problemas e desesperos. Mas eu não sou um grande fã de voar. Sabendo de tudo isso, meus companheiros da Expedia resolveram me enviar para um passeio em um DC-3.

O Douglas DC-30 foi super popular na década de 1930, com os modelos civis e militares. Eu fui até o QG do Dakota Norway, perto do Aeroporto Torp, para pegar uma carona em um DC-30, de 1943, comprado por dois pilotos noruegueses de autoridades finlandesas em 1985.

Assim que me inscrevi para participar do voo, fiquei nervosa. Estava chovendo muito, e como eu estava o dia todo explorando Sandefjord eu acho que eu estava tentando encontrar uma desculpa para não ir. Estava frio e comecei a tremer involuntariamente, loucamente. O avião decolou e eu estava suando terrivelmente, e podia sentir o suor escorrer pelas minhas mãos. Tudo o que sempre acontecia comigo. Eu estava tão nervosa que perceberam e me chamaram para conehcer o cockpit. Foi quando todo o medo se foi e se transformou em uma alegria que não cabia dentro de mim. Quando eu percebi que estava sentado na cabine de comando e as pessoas queriam se aproximar, mas eu bloqueei a entrada. Que experiência! Eu tinha um voo no dia seguinte e fiquei surpresa ao ver como a calma que eu estava! Voar em um DC-30 fez-me sentir segura e agora, de volta ao normal, depois alguns anos de pane emocional!

Toda quarta-feira na temporada de verão, o pássaro prata sai  para voar com 19 passageiros e tripulantes, através do Fjorde de Oslo. Eles também fazem rotas domésticas e internacionais regularmente. Mais informações: Dakota Norway

 

Learning to fly

At Torp Airport, I started to leave way one of my biggest fears: to fly

I have problems to flying for a couple of years. Punches in the stomach, cold sweat, dizziness and anxiety pre-flight. The problem is more common than you think!

I read a lot about airplanes, I know enough to identify small problems and despairs. But Im not a big fan of flying. Knowing all that, my fellows from Expedia decided to send me for a ride in a DC-30.

The Douglas DC-30 was super popular during the 1930’s, with civil and military models. I came over to Dakota Norway nearby Torp Airport, to get a ride in a DC-30 from 1943, purchased by two Norwegians pilots from Finnish authorities in 1985.

As soon as I signed to join the flight, I became nervous. Rained a lot, and since I have been all day out exploring and I think I was trying to find an excuse to don’t go. Was a little cold and suddenly I start to shake involuntarily, like crazy.  The plane took off and I was holding myself on the seat sweating and nervous until certain point that I was invite to check the cockpit. That is when all the fear was turn into a joy that did not fitted inside me. When I realized I was sitting in the cockpit and people wanted to get closer, but I blocked the entrance. What a experience! I had a flight on the day next and I was surprise to see how calm I was! Fly on a DC-30 made me feel safe and now, back to normal!

Every Wednesday on summer season, the silver bird goes for a flight with 19 passengers and crew through the Oslofjord. They also do domestic and international routes regularly. You can also contacted Dakota Norway and become a membership.

 

DCIM103GOPRO DCIM103GOPRO DCIM103GOPRO DCIM103GOPRO

[#gonordic] 10 coisas que você precisa saber para ter uma boa experiência num Spa

ENGLISH BELLOW

NORWEGIAN HERE

Minha primeira atividade em Larvik foi relaxante. Nada radical, por agora! Dias difíceis virão e eu preciso estar preparada!

Toda vez que vou para uma massagem ou para um dia inteiro em um spa eu nunca (e eu digo NUNCA) sabe o que fazer.

Relaxar? Claro que para mim, que é a prioridade! Dia difícil, semana, vida … Massagem faz você se sentir melhor e vivo – Doi muito quando eles descobrem que o músculo problemático que você sentir que você está realmente viva.

Eu poderia dar  mais de 10 dicas simples para um grande dia de spa. Vou dizer o que realmente funcionou e assuntos para mim.

1- Esqueça sua vida!

Casa, cachorro,marido. É você e você mesmo. Transforme os seus pensamentos e desfrutar.

2- Sinta-se confortável

Eu fiquei na minha roupa de banho. Se você não gostar, usar shorts e top. No entanto, tente manter-se confortável. Você pode também estar nu; o importante é aproveitar o tratamento.

3- Diga o que você quer e não quer!

Se a pressão de massagem é muito clara ou muito forte, que o terapeuta sabe. Se você indicar a sua preferência, a pessoa geralmente mede a pressão de acordo com a sua tensão muscular. Eu gosto de sentir dor.

4- Tenha a mente aberta

Mesmo se você não é um entusiasta de Spas, precisa estar pronto para receber. Os tratamentos de Spa são terapêuticos! Espera-se que, se você está pronto para receber, eles vão ser relaxantes também!

5- Coma antes, durante e após

Lanches são uma boa escolha. No Farris Bad eu tinha muitas frutas, chá, água aromatizada e nozes. As nozes são definitivamente bom para obter um pouco de energia! Depois do meu tratamento eu tinha um delicioso jantar em seu bar.

6- Experimente

Dê a si mesmo uma experiência diferente. Tente algo totalmente novo que eu nunca tinha feito antes. Eu tive uma grande experiência de nadar no mar depois de um dos tratamentos!

7- Respire fundo

Na sauna, os efeitos terapêuticos vai além de melhora o fluxo sanguíneo. Ele também ajuda a melhorar o seu sistema de respiração. Portanto, aproveite-o a tomar respirações lentas e gostando disso.

8- Beba muita água

Bem, este é o meu conselho favorito. Eu não beber muito, porque eu estava em uma preocupação e eu não sou uma pessoa beber água. Resultado: eu desmaiei depois de uma sessão e foi minha culpa. Você faz um tratamento de vapor e, em seguida, o que acontece? Você suar muito e precisa de beber água. Eu não. Levei um tempo para tornar-se melhor, mas foi apenas um lembrete para a vida!

9- Conheça o seu tratamento

Tive uma ótima experiência no Farris quarto Mineral, onde bombeia a água de sua própria fonte mineral Farris. Eu tentei tudo o que pude, até mesmo a terapia da água para o pé! Eu sabia um pouco sobre as térmicas de água de nascente, e saber mais foi incrível para fazer a minha experiência completa!

10- Respeite as regras

Se você ler nas placas para tomar uma ducha antes, tome. As regras são para se respeitar.

Larvik fica a 135 km ao sul de Oslo. Para chegar à cidade é fácil. Você pode pegar um ônibus ou trem, que leva em torno de 2h30 e custa cerca 300kr.

 

10 things you need to know when u want the perfect Spa gateway

My first activity in Larvik relaxing. Nothing radical for now! Hard core days are coming, I must to be prepared.

And here I am. Just started my #GoNordic journey in Larvik, a small city near Oslo. I have heard about the city and believe me, it’s an amazing little town!  I arrived at Larvik, dropped my luggage at the hotel and went to Farris Bad – remember this name, will change your life one day -, the top Spa in Norway.

Mineral-rich spring water has poured out in Larvik since ever. Farris Bad Hotel and Spa has a “foot on land and one foot in the sea” what means that besides the concept of design and art, they have the perfect sea view.

At Farris Bad, Fanny Anderson, the coordinator, gave me a warm welcome. She introduced me the place, talked about every single corner. The Spa is 5 years old and is owned by Mille Marie Treschow and Stein Erik Hagen and operated by Choice Hotels Scandinavia. She presented me about the concept and installations.

After the tour, the game began! I went to the Steam Bath for my first group class: salt peeling. The Farris’s professional, gave us lots of marine salt to use on our skin, scrubbing it. After 15 minutes scrubbing at the steam, he told us to get a cold shower. That is something interesting that I had no idea and Fanny told me: cold shower a after a warm session intensifies the treatment and are also therapeutic. I tried the mineral sources, the amazing swimming pool (with a view)

Every time I go for a massage or for a full day at a spa I never (and I mean NEVER) know what to do.

Relax? Of course, for me that is the priority! Hard day, week, life… Massage makes you feel better and alive – hurts so much when they find they problematic muscle that you feel that you are really alive.

I could give you more than 10 simple tips for a great spa day. I will point what really worked and matters for me:

1- Forget your life!

House, dog, husband. Is you and yourself. Turn of your thoughts and enjoy.

2- Feel comfortable

I stayed in my swim clothes. If you don’t like it, use shorts and top. However, try to keep yourself comfortable. You can also be naked; the important thing is to enjoy the treatment.

3- Say what you want and do not want!

If the massage pressure is too light or too strong, let the therapist knows. If you indicate your preference, the person will usually measure the pressure according to your muscle tension. I like the pain.

4- Be open-minded

Even if you are not an enthusiast of spas, be ready to receive. Spa treatments are therapeutics! Hopefully, if you are ready to receive, they will be relaxing too!

5- Eat before-during and after

Snacks are a good choice. At Farris Bad I had lots of fruits, tea, flavoured water and nuts. Nuts are definitely nice for get some energy! After my treatment I had a delicious dinner at their bar.

6- Try

Give yourself a different experience. Try something totally new that I ever had done before. I had a great experience swimming at the sea after one of the treatments!

 7- Take slow breathes

At the sauna, the therapeutics effects goes aside from improves blood flow. It also helps you improves your respiration system. So, enjoy it taking slow breathes and enjoying this.

8- Drink tones of water

Well, this is my favourite advice. I have not drink a lot, because I was in a worry and I am not a drink-water person. Result: I fainted after a session and was MY fault. You do a Steam treatment and then, what happens? You sweat a lot and need to drink water. I did not. I took a while to become better, but was just a reminder for life!

9- Get to know about your treatment

I had a great experience at Farris Mineral Room, where the water pumps from their own Farris mineral source. I tried everything that I could, even the water therapy for foot! I knew a bit about spring water thermals, and know more was amazing to make my experience complete!

 10 – Respect the rules

If the sign ask you to take a douche before, do it. Rules are make to respect.

Larvik is 135Km south from Oslo. To come to the city is easy. You can take a bus or train (nsb.no), which takes around 2h30 and costs about 300kr.

 

DCIM103GOPRO

DCIM103GOPRO