GAP: nova logomarca derrubada pelos consumidores nas redes sociais

A Gap, famosa marca de roupas californiana,  anunciou em sua página no Facebook que  seus esforços para o novo design do logotipo foram derrubados, principalmente por uma corrente de críticas que veio principalmente de usuários do Facebook e do Twitter.


Na semana passada, Gap lançou um novo logotipo, que chamou de “uma expressão mais contemporânea, moderna”. Clientes  não estavam tão entusiasmados com a mudança, e então a Gap decidiu solicitar aos usuários para suas ideias de um novo logotipo. No entanto, esse curso de ação foi revertida, também.

“Ok. Nós ouvimos alto e claramente que vocês não gostaram do novo logotipo. Aprendemos muito com os comentários “, disse a empresa em sua página no Facebook. “Nós só queremos o que é melhor para a marca e nossos clientes. Então, ao invés de crowdsourcing, estamos trazendo de volta esta noite a antiga logo”. De acordo com o site da Gap, o logotipo original fará seu retorno “em todos os canais.”

A reação contra o novo logotipo da Gap (e já extinto) foi  intenso. Além dos milhares de tweets e atualizações do Facebook estado de ridicularizar a sua concepção, as pessoas encontraram outras maneiras criativas de protesto contra o novo logotipo. Uma conta  falsa no Twitter reuniu milhares de seguidores, e o logo Gap se tornou um viral.

Enquanto a mídia social não foi a única razão que a Gap se sentiu pressionada a reverter para o antigo logo, que definitivamente foi um fator importante. As mídias sociais mobilizados e espalhar a palavra sobre a mudança do logotipo. Neste caso, a empresa ouviu seus clientes e quis evitar uma reação negativa dos consumidores com proporções maiores das já tomadas.

Anúncios

Alguns passos para a criação de um e-mail marketing eficiente

Antes de colocar em prática a ideia de uma newsletter, é importante “perder” algum tempo com planejamento, em que são tomadas algumas decisões importantes, vitais para um bom resultado. Os erros mais comuns são: falta de estratégia de segmentação e linguagem pouco adequada ao público-alvo.

Nesse caso vou falar especificamente sobre a neswletter. Depois escrevo sobre o uso do e-mail marketing para o relacionamento com o Cliente – CRM (Customer Relationship Management ), Marketing Direto, etc.

1- Permissão

O e-mail marketing é utilizado para ações de relacionamento, mas também possam ser realizadas ações para conquista de novos clientes. O primeiro passo é obter a permissão, o consentimento explícito desses clientes para enviar o e-mail (marketing de permissão).

Para isso acontecer a estratégia mais comum é a abordagem opt-in, em que o usuário se cadastra para receber uma newsletter. Nesse caso existe a interação com o usuário. Na abordagem abordagem opt-out (não recomendada por motivos óbvios), a mensagem é enviada sem autorização do destinatário. Em ambos os casos a pessoa pode optar por não receber a mensagem, com a opção de sair domailling.

O envio de newsletter não solicitada é considerado SPAM.

No Brasil, o novo Código de Auto-regulamentação para Prática de E-Mail Marketing (CAPEM), que deve entrar em vigor neste ano, coíbe a prática da abordagem opt-out.

2- Público-alvo

Tenha definido o seu público-alvo. A partir disso, tudo o que você desenvolver para a newsletter terá ponto inicial nisso. A linguagem deve ser objetiva, direta e você pode integrar links. Quanto mais interessante mais bem aceito vai ser.

3-Frequência

Nada mais chato do que receber newsletters o qual você não tem interesse diariamente.  Procure manter uma frequência, sem aborrecer seu público-alvo. Se existe um compromisso, mantenha-o.

4- Criação e envio

Com o público-alvo, objetivo e periodicidade de envio definidos, você precisa criar seu e-mkt.

Quando você for criar uma newsletter, dê preferência para utilizar o formato HTML A vantagem deste formato é que você pode enviar imagens, textos com formatação e ainda consegue realizar a mensuração de abertura da newsletter. Há também a opção de imagem, se seu conteúdo não for tão extenso.

Interação é a palavra-chave. Envie links, conteúdos personalizados e nunca se esqueça de chamar o cliente pelo nome.

A divulgação via web tem menor custo em relação a qualquer mídia convencional. Além disso, o investimento em E-mail Marketing traz resultados imediatos (visitas ao seu site), curto prazo (venda indireta) e longo prazo (relacionamento e fidelização).