Mais uma vez, Copenhagen

Não tenho palavras para descrever Copenhagen. Pra mim é sem dúvidas a cpaital mais linda da Escandinávia. Não me canso desse lugar. E no outono, as cores simplesmente mudam toda a perspectiva, principalmente se você só conheceu a cidade durante o verão.

Se você me conhece sabe que eu tenho uma compulsão por comprar passagens aéreas, principalmente durante sábados à noite, quando meu nível alcoólico é alto. Compro e não penso. Comprei há mais de um mês e perguntei pro Evaristo, amigo brasileiro que conheci por aqui, se eu poderia ficar com ele. Evaristo é um desses caras que nunca tem tempo ruim. Eu nunca o vi de mal humor. E daquelas amizades em que não existe pressão, podemos ficar de nos falar por tempos, que vai ser sempre a mesma coisa. Porque nós somos bem similares. Eu aprendi a ser calma e levar tudo na boa e ele é calmo. Passar tempo com ele é certeza de boas risadas, cervejas e comida. E era tudo o que eu precisava.

img_4155

Por tempos eu queria voltar e ir novamente à Mikkeller, conhecida pelo mundo. Sempre dava algum problema. Já conhecia a cerveja e um dos bares, mas gente, queria beber mais do que uma cerveja. Dessa vez nos assentamos e  passamos um tempo conversando e degustando as maravilhas do gêmeo bom. GENTE, vale cada centavo. Finalizamos com um jantar bom-bonito-barato num italiano perto, que me deixa com água na boca só de pensar.

img_4189

Não sou local em Copenhagen, mas já fui tantas vezes que meu foco é basicamente comer e beber. E a cidade conta com o melhor complexo de comida de rua escandinavo: Papirøen. Escrevi sobre isso aqui. Nem preciso falar, a foto ilustra bem o meu sentimento de felicidade. Comida boa devia ser lei. O melhor frango frito que comi na vida, melhor do que nos Estados Unidos, do que aqui em OSlo. 100DKK por um box cheio de batatas e frango no Chick Ko. O cachorro-quente,  gigante, seria melhor se estivesse quente. Sou chata mesmo. Bacon frio?  Nah.

Post curto, mas fica a dica: Mikkeller e Papirøen!

img_4211

img_4206

Anúncios

[#GoNordic] Aprendendo dinamarquês com os locais! / Learning Danish expressions from… Danish people!

ENGLISH BELLOW

NORSK 

Assim que cheguei em Copenhagen, eu tenho o meu novo desafio: aprender expressões dinamarqueses com, óbvio, os locais.

Enquanto eu estava esperando pela minha bagagem, eu comecei a conversar ao redor. Nenhum dinamarquês perto de mim: eu podia ouvir Italiano, Espanhol, Português… No meu caminho de uma reunião, peguei um táxi (eu estava atrasada, e acredite, eu preferiria pegar o metrô). Passei alguns minutos verificando meus e-mails e quando eu comecei uma conversa com o motorista, eu pensei: “essa é a minha vez, eu vou pedir para o motorista”, a surpresa: ele ligou o rádio e começou a cantar É O TCHAN. Eu queria chorar, mas acabei perguntado se ele gostava de música brasileira. Ele me respondeu com um grande sorriso: “Eu amo isso!” Acabei esquecendo de perguntar sobre as expressões em danês e ele começou a me contar sobre sua vida.

No hotel, eu já estava desesperada e perguntei a recepcionista se ela poderia me ajudar. Levou um tempo, mas consegui a minha primeira palavra: Hyggeligt. O que pode ser traduzido para aconchegante. Eu ouvi isso de outro casal de moradores! Então, eu sinto que ele é a palavra dinamarquês mais famosa, compreensível apenas em danês!

Eu tive um grande momento com dois rapazes dinamarqueses: Patrik e Lumbri. Tomamos algumas cervejas dinamarquesas e pude aprender mais sobre a cultura local e alguns jogos de bebida, popular quando você sai com os amigos para o boteco. Os noruegueses bebem muito, mas os dinamarqueses não deixam por menos!

Ao voltar ao hotel, comecei a falar novamente com o povo na recepção. Bingo! Rød Grød med Flod : mingau vermelho com creme. Provavelmente você está tentando dizer isso agora. Se você não estiver na Escandinávia e ter uma noção mínima da língua vai ser impossível ler.

No entanto, como eu sou uma pessoa querida, gentil e linda e quando eu aceito um desafio eu faço valer a pena, eu fiz uma lista de expressões que ouvi e pedi às pessoas para escrever para mim durante a minha estadia em Copenhagen. O vídeo virá em breve 😀

  • Tomme tønder buldrer mest – Empty barrels can get most.
  • Brændt barn skyr ilden.
  • Æblet falder ikke langt fra stamen -The apple does not fall far from the tree.
  • Delt glæde er dobbelt glæde. Delt sorg er halv sorg – Shared joy is double joy. Shared grief is half the sorrow
  • Hvo intet vover, intet vinder – Flying High, the harder the fall
  • Højt at flyve, dybt at falde – No rule without exception
  • Ingen regel uden undtagelse – No rule without exception
  • Der går ikke røg af en brand, uden der er ild i den
  • velse gør mester – Practice makes perfect

Eu gostaria de ter meu notebook para lembrar todos os nomes das pessoas que me ajudaram e que não consegui tirar uma foto. Também aos meus amigos brasileiros que vivem em Odense, Eva e Leo que vieram só para me ver e curtir a noite Copenhagen! Leo é um cara profissional de IT e caroneiro e agora vai começar uma nova aventura para os Balcãs. Sua vida é sobre desfrutar e viagens. E ele sabe bem ocmo fazer!
Pela primeira vez conversei com muitos moradores em Copenhagen: as pessoas são amigáveis ​​e sempre abertos para ajudá-lo. E olha que foi minha quarta vez na cidade… Foi sensacional! Este desafio me fez aproximar mais pessoas e realmente entrar em suas vidas!

 

Learning Danish expressions from… Danish people!

Now im practicing how to say it!

As soon as I arrived in Copenhagen, I got my new challenge: learn Danish expressions from, of course, locals.

While I was waiting for my luggage, I started to ask around. No Danish people around me: I could hear Italian, Spanish, even Portuguese. On my way to a meeting, I took a taxi (I was late, and believe me, I would prefer to take the metro). I spent a couple of minutes checking my emails and when I started a conversation with the driver, I thought: “that’s my time, I’m going to ask the driver”, the surprise: he turned the radio and started to sing a fashion-old-Brazilian-bad-music. I wanted to cry, but is asked him if liked Brazilian music. He answered me with a big smile: “I love it!” I forgot to ask about the Danish quotes and he started to tell me about his life.

At the hotel, I was desperate and I asked the receptionist if he could help me. Took him a while, but I got my first word: Hyggeligt. What can be translated in English to cosy. I heard this from another couple of locals! So, I feel like it is the most famous Danish word, understandable only in dansk!

I had a great time with two Danish guys: Patrik and Lumbri. We had a couple of Danish beers and I could learn more about the local culture and some drink games, popular when you go out for with friends and want to have a good time. Norwegians drinks a lot, but Danish people are also good drinkers.

Back to hotel, I started to talk again to the people at reception. Bingo! Rød grød med flød: Red porridge with cream. Probably you are trying to say it right now. If you aren’t form Scandinavia is quite hard job!

However, how I am a nice person and when I accept a challenge I really DO, I made a list of expressions that I heard and asked people to write for me during my stay in Copenhagen:

  • Tomme tønder buldrer mest – Empty barrels can get most.
  • Brændt barn skyr ilden.
  • Æblet falder ikke langt fra stamen -The apple does not fall far from the tree.
  • Delt glæde er dobbelt glæde. Delt sorg er halv sorg – Shared joy is double joy. Shared grief is half the sorrow
  • Hvo intet vover, intet vinder – Flying High, the harder the fall
  • Højt at flyve, dybt at falde – No rule without exception
  • Ingen regel uden undtagelse – No rule without exception
  • Der går ikke røg af en brand, uden der er ild i den
  • velse gør mester – Practice makes perfect

I wish I had my notebook to thanks all the people who helped me and did not wanted to take a picture. Also to my Brazilian friends who are living in Odense, Eva and Leo who came just to see me and enjoy the Copenhagen night! Leo is a professional IT guy and hitchhiker around Latin America and now will start a new adventure on the Balkans. His life is about enjoy and travel.

I talked to many locals in Copenhagen: people are friendly and always open to help you. Was such a great time! This challenge made me approach more people here and really get into their lifes!

 

DCIM103GOPRO DCIM103GOPRO DCIM103GOPRO