Polyanna e a escuridão

Pois bem, meus amigos. O fim dos tempos inverno chegou em Oslo e eu, por incrível que pareça, não estou sofrendo com isso!

Sempre fui uma pessoa do sol, praia e piscina. Antes de eu ir pro Brasil, os dias estavam cada vez  mais frios e curtos e comecei a ter problemas para acordar. Gosto bastante de uma caminha macia e de um edredon cheiroso, e como agora trabalho de casa (meu chefe está morando em Berlin, a startup ganhou um apoio super bacana e está desenvolvendo o produto lá), as coisas estão terrivelmente complicadas. Outro dia me assustei ao acordar às 11.30. Antes a luz do sol me despertava, mas agora, com os dias curtos e pouca luz do sol, eu ando trocando os ponteiros (jetlagged também!) e dormindo mais do que eu preciso. Na minha cabeça eu penso: “Está escuro ainda, o sol não nasceu”…. O que acaba me deixando indisposta e perco a minha manhã (não que eu seja uma pessoa da manhã, mas gosto de acordar entre 8.30 e 9h).

Eis que vos apresento o meu melhor amigo, companheiro, o melhor presente depois da máquina de água com gás para aguardar o fim do mundo inverno: Wake up light! Gente, como descobri isso tão tarde? Não é feitiçaria, é tecnologia!  Mas, Polyanna, como funciona essa bagaça isso? Simples:

O Wake up Light age sob uma forma natural, através da luz que aumenta gradualmente, simulando o nascer do sol. Todo mundo sabe que a luz do sol melhora nosso bem estar, combate à doenças e dá um gás né? Muita gente me diz que ama inverno. No Brasil eu amava também, mas quero ver neguinho vir pra cá e achar bonito o sol nascer às 6h, sumir e escurecer às 2 da tarde.  Enfim, de acordo com mil artigos que eu li, esse tipo de luz artificial, que simula o nascer do sol melhora efetivamente o despertar e o humor. Polyanna mais feliz é Polyanna mais produtiva!

Meia hora antes da hora que eu defini para despertar o Wake up enche gradualmente o meu quarto com uma luz brilhante semelhante ao nascer do sol ok, de mentirinha. Às 8h30 a luz já atingiu o seu nível mais elevado acompanhada por um sonzinho gostoso. Coisa linda, Brasil! Pra ficar mais claro achei o vídeo abaixo, vejam a partir do minuto 1:56 porque o cara é chato e vai repetir tudo o que você leu aqui.
Ah, a parte legal: vem com docking station: o som é ótimo e de quebra não preciso mais deixar meu carregador pendurado na cama! E a luz serve como abajur também!
Alô, Phillips, me manda um presentinho pela propaganda! Por exemplo uma airfryer…

Noruega e os carros elétricos

O Tomas está pesquisando por um carro,dai meu interesse em carros elétricos, visto a facilidade por aqui. Eu pouco conhecia sobre os veículos elétricos até vir para Oslo. Além de não emitir poluentes e o híbrido – que combina motor a combustão e elétrico – os veículos elétricos também tem emissão zero quando funciona a eletricidade. O que é bom pra população e pra natureza 😀

A Noruega lançou um programa de mobilidade com emissões zero em 2011, o que fez com que se tornasse  o país com mais carros elétricos per capita do mundo, uma das razões por que a Nissan escolheu Oslo para apresentar a segunda geração do seu carro elétrico, o Leaf.  De acordo com a montadora, desde  meados de abril  foram vendidos mais de 4100 unidades do carro por aqui.

Um dos segredos para o sucesso da Noruega para este tipo de carros é também a disseminação de postos de carregamentos rápidos e gratuitos, (como os das fotos no final do texto). Em cerca de 65 pontos só em Oslo,  é possível o automóvel carregar a bateria em 30 minutos.  Fora isso, o governo norueguês isentou esses carros de impostos (algo como o nosso IPVA) e de taxas rodoviárias: quem tem um auto elétrico não paga pedágio e, de quebra, pode usar as faixas preferenciais de ônibus e táxi e tem estacionamento gratuito. Um atrativo e tanto para a população.

Na hora que tirei a foto só tinha um carro de 4 assentos carregando, os outros eram mini.  O maior problema, na minha opinião, é o preço: o Leaf custa 240.000 Kr, algo como 80.000 reais.

IMG_6648 IMG_6649IMG_6651

Creative Mornings Oslo

Mais um projeto!

Fui convidada a fazer parte do time do Creative Mornings, edição Oslo!

Minha primeira participação foi ontem. Os preparativos começaram na segunda-feira. Fomos até uma Cafeteria super bacana aqui na cidade e viramos baristas por um dia, já que um dos nossos sponsors, Tim Wendelboe, nos ensinou como “tirar” um café perfeito.

IMG_4465

 

IMG_4480

 

Na terça pela manhã cerca de 50 pessoas compareceram  à Cafeteria da Mesh (que está fechada por causa das férias de verão) para a palestra com Silja Leifsdottir que falou  sobre a cena de arte em Oslo, e alguns exemplos de espaços de galeria na cidade. Além disso, explicou sobre o termo espaço, como por exemplo quando pode ou não ser no contexto da arte contemporânea a partir de cubos brancos clássicos para pequenos corredores em alguém porão. Em suma: espaços e porque eles existem!

Ótima forma de se começar um dia: conhecendo gente bacana, aprendendo e tomando um bom café!

 

IMG_6281

 

CM

App retira intrusos da sua foto

Você vai para Paris e se espreme para conseguir aquela foto coma Torre Eiffel ao fundo. Chega em casa e vê que ao seu lado outras centenas de pessoas fizeram o mesmo e, com certeza você deve ter aparecido em metade desas fotos, assim como o seu quadro foi invadido por esse pessoal.

Aí aparece o Scalado Remove, um super app apresentado ontem em barcelona, que promete retirar os intrusos da sua foto, ou seja, ele remove aqueles inconvenientes de suas fotografias.

O aplicativo  ainda está em seu protótipo, mas a versão completa deve estar pronta para uma demonstração no final deste mês, na Conferência Móvel Mundial 2012  em Barcelona. É uma reminiscência de um sistema que está sendo desenvolvido na Universidade da Califórnia, San Diego, que é capaz de remover os pedestres a partir de imagens do Google Street View.

Instagram na sua geladeira!

Vocês não imaginam como eu fiquei feliz em saber que agora podemos revelar as nossas lindas fotos do Instagram, ou melhor, transformá-las em ímas de geladeiras e adesivos!!!

 

O StickyGram é uma merpes da Gringa que faz seu sonho se tornar realidade.  daí você me fala; “Pô, Polyanna, bacana, legal, mas IOF vai detonar né?”. Verdade, vai detonar. A cartela com 9 ímãs custa 14 doletas, com entrega gratuita em todo o mundo.  Massssssss, os lindos do Insta-imã fazem isso tudo para você na Likestore deles po um precinho mais camarada =DDDDD

 

Vou encomendar os meus e depois faço um update =D

2

 

 

Caption (optional)