Honda Loves you back: empresa agradece 1 milhão de fãs no facebook

Depois que o Porsche agradeceu seus 1 milhão de fãs no Facebook colocando o nome deles em um Porsche 911 GT3 , a sacada da Honda foi mais interessante.

Para mostrar que eles a nova ação online da Honda – Honda loves you back – mostra que eles também são fãs de seus consumidores,  repetindo alguns gestos dos fãs que publicaram suas fotos no mural da empresa. Uma executiva da marca pintou as unhas com o nome de uma fã; outro colaborador da empresa fez uma tatuagem de mentirinha, entre outros

Kelli enviou uma foto o seu Honda Fit pintado. A empresa retribui pintando uma foto dela e colocando-a no hall principal da Honda.

                                                                                                                                                                 Cristina homenageou a marca pintado as unhas e a assistente de mkt Interativo da empresa a agradeceu por isso, fazendo o mesmo:

Confira mais na página da empresa no Facebook

Google exibe vídeo em cadeia nacional na TV dos EUA com apoio à causa gay

Em apoio ao projeto It Gets Better, que combate o preconceito a jovens gays, o Google veiculou um vídeo com dicas de como as pessoas podem participar do movimento enviando seus próprios vídeos ao site. O apoio foi ao ar no intervalo do seriado Glee, da Fox, demonstrando suporte em cadeia nacional ao projeto, fato que nunca havia ocorrido desde que o jornalista Dan Savage começou uma campanha através do YouTube. Ponto para o Google.[fonte]

Atualmente mais de 5 mil vídeos já foram criados a divulgar esta mesma mensagem. Celebridades, de Chris Colfer do Glee ao presidente Barack Obama uniram-se à causa e até empresas como a Pixar, Google e Facebook já deram o seu apoio, mostrando o poder de uma boa causa para mobilizar o user generated content.

Confira o vídeo:

Usuários utilizam Foursquare para fazer check-in da morte de Osama Bin Laden

Após o anúncio da morte de Osama Bin Laden no domingo à noite, os usuários do Foursquare – num gesto cerimonial, informaram ao mundo via check-in que o fundador da Al Qaeda tinha partido dessa para uma melhor (ou pior).

Uma busca rápida no Foursquare em Nova York para “Osama”, mostra checkins em locais como “Aqui jaz Osama bin”e “Osamapocalipse 2011. ”

O gesto lembra, em uma escala muito maior, como os usuários começaram a verificar em Nova York para um grande tempestade de neve da cidade em 2010, o Snowpocalypse 2010.

Eu nunca vi isso aqui no Brasil. Se eu perdi, por favor me digam!

Via Mashable

Pepsi e a sua Social Vending Machine

A Pepsi apresentou o protótipo da sua máquina de refrigerantes a qual as pessoas poderão usar a rede social da empresa para mandar um refrigerante geladinho para amigos ou desconhecidos.

A emrpesa vai lançar máquinas de venda “social” de seus produtos que terão tecnologias como tela touch screen e os consumidores poderão utilizar crédito, além de dinheiro para efetuar o pagamento. Entretanto, a novidade mais atraente é que estas máquinas de venda utilizarão recursos das redes sociais.

Ao invés de simplesmente comprar um “refri” para si mesmo, será possível “enviar” uma bebida para outra pessoa. Digamos que você queira mandar uma Pepsi para alguém em outro prédio, é só você colocar o nome da pessoa, seu celular e uma mensagem pessoal que pode ser em forma de vídeo. O felizardo receberá uma mensagem em seu celular dizendo que tem uma latinha esperando por ele. O melhor é que o lugar onde a pessoa está nem precisa ter uma máquina dessas, porque a mensagem chega com a localização de pontos onde a pessoa pode retirar seu “presente”.

Se você quiser começar seu dia com uma boa ação, poderá ainda mandar um refrigerante para um total desconhecido por meio da função “Ações Aleatórias de Refrescância” (Random Acts of Refreshment). “Nossa missão é utilizar inovação para empoderar os consumidores e criar novas maneiras de integração com nossas marcas, com as redes sociais e com outras pessoas em pontos de compra”, disse o chefe de inovação da PepsiCo, Mikel Durham. “A ‘venda social’ expande os relacionamentos sociais dos nossos consumidores e transforma uma transação individual em uma experiência divertida que todos vão querer fazer de novo, e de novo”.

De acordo com a vice-presidente de inovação em equipamentos da empresa, Christine Sisler, “nossas estratégias de inovação são guiadas pelo que nossos consumidores querem. Nós estamos trabalhando com alguns dos melhores profissionais do ramo para desenvolver equipamentos que ofereçam customização, personalização e escolha. Nossas novas máquinas fazem tudo isso e mais, é visualmente envolvente, rápida, intuitiva e satisfatória ao usuário”.

As máquinas ainda não tem data certa para chegar ao mercado dos EUA, então, aqui no Brasil, as pessoas terão de esperar mais um pouquinho para sair distribuindo refrigerantes por aí.

Via DailyTech